Notícias

Fabricantes de farmacéuticos indianos mostram grande interesse à vacina contra Covid-19 «Sputik V»: Fundo de Investimentos Soberano da Rússia

“Fabricantes indianos de farmacéuticos mostram grande interesse à vacina contra o Covid-19 “Sputnik V”. A Rússia está em negociação de eventual produção da vacina na Índia”, — diz Sr. Kirill Dmitriev, Diretor Geral do Fundo Russo de Investimentos Diretos (RDIF) — fundo de investimentos soberano da Rússia.

RDIF financiou a pesquisa e a produção da “Sputnik V” – a primeira no mundo vacina registrada contra o coronavírus, criada pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia de N.F.Gamaleia de Moscou.

“Vemos um grande interesse à vacina russa da parte dos fabricantes indianos de farmacéuticos e neste momento estamos negociando a eventual co-operação e produção da “Sputnik-V” na Índia” – declarou Sr. Dmitriev numa entrevista exclusiva a The Economic Times em Moscou.

“A Índia historicamente tem sido um parceiro estratégico da Rússia em vários setores. RDIF está em colaboração com as empresas e entidades indianas desde 2012 trabalhando em conjunto em projetos de investimento visando apoiar as economias nacionais e fortalecer os laços económicos entre dois países”- diz Sr. Dmitriev.

“Junto com os parceiros internacionais a Rússia planeja produzir mais de 500 milhões de doses da vacina por ano em 5 países” – disse o Diretor Geral do RDIF. “Além da Índia também estamos negociando a produção da vacina com a Coréia e o Brasil. A Rússia está disposta a oferecer sua vacina a qualquer país interessado na aquisição da mesma” – declarou Sr. Dmitriev.

Os comentários do Sr. Dmitriev foram recebidos exatamente no momento quando o lançamento na terça-feira passada da vacina “Sputnik-V” chamada em homenagem ao satélite lançado pela URSS no ano 1957 gerou ceticismo devido ao fato que a 3ª fase dos ensaios aínda não está concluída. Segundo Sr. Dmitriev a Rússia recebeu pedidos preliminares para mais de um bilhão de doses da vacina de 20 países da América do Sul, Ásia Ocidental e Ásia.

“O registro da “Sputnik-V” foi etapa chave do trabalho internacional visando a proteção das pessoas do coronavírus” – fala Sr. Dmitriev. “A vacina é produzida com base dos vetores adenovirais. É uma tecnologia já existente, provada e segura que tem sido elaborada desde a década de 1980” – declarou Sr. Dmitriev. “Hoje em dia é o mecanismo mais seguro de introdução do código genético do marcador viral no corpo humano, estudado cuidadosamente não só na Rússia mas no mundo inteiro. É notável que os especialistas do Instituto de Gamaleia usaram com sucesso...”

Como referiu Sr. Dmitriev a eficiência e segurança das vacinas com base dos vetores adenovirais foram testadas durante muitos anos de ensaios e a vacina contra o Ebola, criada pelo Instituto de Gamaleia também recebeu uma patente internacional. “Assim, a vacina “Sputnik-V” é baseada numa plataforma verificada e bem sucedida” – acrescenta Sr. Dmitriev.

“RDIF apoiou e investiu nos projetos de importância crítica ligados com a pandemia de Covid-19, tais como criação dos sistemas de express-análise, produção do medicamento antiviral Avifavir e desenvolvimento da vacina desde os primeiros dias da pandemia em co-operação com parceiros russos e internacionais” – diz Sr. Dmitriev. “Acreditamos que este tipo de co-operação internacional ao contrário de concorrência tem importância crítica para sucesso na luta contra o coronavírus” – declara Sr. Dmitriev.

O fundo apoia produção de “Sputnik-V” através das suas empresas de portfólio “Alium” e “R-Farm” que começarão a produção da vacina em série a partir de setembro.

A 1ª e a 2ª fases dos ensaios clínicos da vacina demonstraram que os 100% dos voluntários desenvolveram uma imunidade durante 21 dias, e este índice duplicou depois da 2ª injeção segundo os dados do Instituto de Gamaleia. Segundo a informação deles ninguém dos voluntários sentiu efeitos colaterais graves. A 3ª fase dos testes passará na Rússia, Arábia Saudita, Filipinas, Brasil e Emirados Árabes Unidos.

A sua mensagem foi enviada com sucesso!