Notícias

RDIF convida instituições científicas e cientistas internacionais para cooperar na pesquisa de dados e evidências do mundo real sobre a segurança e eficácia do Sputnik V, Sputnik Light e outras vacinas contra o coronavírus

Moscou, 7 de outubro de 2021 - O Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF, fundo de riqueza soberana da Rússia) está convidando pesquisadores internacionais independentes e instituições científicas para cooperar em estudos do mundo real de segurança e eficácia de vacinas contra o coronavírus, incluindo a Sputnik V, Sputnik Light e outras.

Principais tópicos de estudo:

  • Estudos do mundo real sobre segurança e eficácia da Sputnik V e da Sputnik Light;

  • Análise de fator de eficácia;

  • Análise comparativa de dados do mundo real sobre segurança e eficácia da Sputnik V, Sputnik Light e outras vacinas;

  • Análise dos dados do mundo real sobre segurança e eficácia da Sputnik Light como dose de reforço.

Os candidatos que realizam ou planejam iniciar pesquisas científicas nas áreas acima mencionadas são convidados a entrar em contato com o RDIF e descrever as áreas de interesse e propostas de cooperação específicas através do e-mail [email protected] .

O monitoramento e análise dos resultados do uso das vacinas Sputnik V e Sputnik Light e a pesquisa científica são prioridades para o RDIF como investidor no desenvolvimento e promoção internacional dessas vacinas. O Fundo está interessado em expandir o conhecimento de cientistas russos e internacionais, bem como em aumentar a conscientização pública sobre os dados do mundo real sobre segurança e eficácia da Sputnik V, Sputnik Light e outras vacinas.

A vacina de duas doses Sputnik V é a primeira vacina registrada no mundo contra o coronavírus. É a primeira vacina baseada na abordagem de reforço heterogêneo (“coquetel de vacina” usando adenovírus humano sorotipo 26 como o primeiro componente e adenovírus humano sorotipo 5 como segundo componente). Levando em consideração o sucesso dessa abordagem para garantir imunidade estável e de longo prazo contra o coronavírus, o RDIF foi o primeiro no mundo a iniciar parcerias com outros fabricantes de vacinas e conduzir pesquisas conjuntas sobre a combinação do primeiro componente da Sputnik V com vacinas estrangeiras.

A vacina de dose única Sputnik Light é o primeiro componente (sorotipo 26 de adenovírus humano recombinante (rAd26)) da vacina Sputnik V.

O RDIF promove ativamente a cooperação e a criação de redes da comunidade científica internacional sobre a vacina Sputnik V. Em janeiro de 2021, o RDIF e o Centro Gamaleya criaram o Conselho Consultivo Científico Internacional sobre a vacina Sputnik V, reunindo cientistas líderes em virologia, microbiologia e imunologia da Argentina, Grã-Bretanha, Croácia, França, Alemanha, Índia, Suécia, EUA e Rússia.

Estudos baseados na análise do uso das vacinas Sputnik V e Sputnik Light foram publicados nas principais revistas médicas internacionais revisadas por pares: The Lancet, EClinical Medicine (publicado pela The Lancet), Vaccines e Cell Reports Medicine.

O RDIF endossa a publicação de novos estudos independentes sobre os resultados da vacinação com a Sputnik V e a Sputnik Light na população em geral em todo o mundo nas principais revistas médicas.

A Sputnik V tem uma série de vantagens importantes:

  • A vacina Sputnik V é baseada em uma plataforma comprovada e bem estudada de vetores adenovirais humanos, que causam o resfriado comum e existem há milhares de anos.

  • A Sputnik V foi pioneira no uso de reforço heterogêneo (dois vetores diferentes para as duas doses em um curso de vacinação) entre vacinas COVID. Esta abordagem fornece imunidade com uma duração mais longa do que as vacinas que usam o mesmo mecanismo de entrega para ambas as doses.

  • A segurança, eficácia e ausência de efeitos negativos de longo prazo das vacinas adenovirais foram comprovadas por mais de 250 estudos clínicos ao longo de duas décadas.

  • Não há fortes alergias causadas pela Sputnik V.

***

O Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF) é o fundo soberano da Rússia estabelecido em 2011 para fazer co-investimentos, principalmente na Rússia, ao lado de investidores financeiros e estratégicos internacionais de renome. O RDIF atua como um catalisador para o investimento direto na economia russa. A empresa de gestão da RDIF está sediada em Moscou. Atualmente, o RDIF tem experiência na implementação conjunta bem-sucedida de mais de 80 projetos com parceiros estrangeiros, totalizando RUB 2,1 trilhões cobrindo 95% das regiões da Federação Russa. As empresas do portfólio RDIF empregam mais de 800 mil pessoas e geram receitas que equivalem a mais de 6% do PIB da Rússia. O RDIF estabeleceu parcerias estratégicas conjuntas com co-investidores internacionais de mais de 18 países que totalizam mais de US$ 40 bilhões. Mais informações podem ser encontradas em www.rdif.ru

Contato para informações adicionais:

Alexey Urazov
Fundo de Investimento Direto Russo
Diretor de Comunicações Externas
Celular: +7 915 312 76 65
E-mail: [email protected]

A sua mensagem foi enviada com sucesso!

Você está inscrito para receber nossas notícias.
Obrigado!