Depoimentos

Dr. Naor Bar-Zeev
Centro Internacional de Acesso a Vacinas, Escola de Saúde Pública Johns Hopkins Bloomberg, EUA

Dr. Tom Inglesby
Diretor do Centro de Segurança Sanitária da Escola de Saúde Pública Johns Hopkins Bloomberg, EUA

Os dois estudos de Logunov e seus colegas têm vários pontos fortes. O primeiro ponto forte é que os adenovírus são onipresentes, então os humanos podem não ser imunologicamente ingênuos. Um segundo ponto forte é o limite para neutralização usado nos dois estudos. Um terceiro ponto forte é que a vacina, semelhante a outras anteriores, induziu amplas respostas imunológicas. Embora não seja especificamente discutido, os resultados implicam em uma resposta ponderada da célula colaboradora T-helper1 que pode ser importante para a segurança da vacina, reduzindo potencialmente o risco de doença intensificada dependente de anticorpos. O quarto ponto forte foi o desenvolvimento de duas formulações de vacinas, congeladas e liofilizadas. Uma formulação liofilizada pode significar estabilidade dentro da cadeia de frio refrigerada da vacina global existente que é necessária para manter a eficácia da vacina da fábrica ao receptor, um obstáculo que outras vacinas ainda precisam enfrentar. Embora seja mais cara para produzir em escala, a estabilidade do produto maximizará o alcance em terrenos remotos, uma necessidade para que uma cobertura universal e equitativa seja alcançada.

Prof. Nadey Hakim
Vice-presidente da Cruz Vermelha Britânica, Vice-presidente da Academia Internacional de Ciências Médicas

Os ensaios clínicos da vacina russa Sputnik V demonstraram resultados impressionantes, que agora foram reconhecidos pela comunidade médica internacional. A vacina mostrou ser segura e eficaz, sem efeitos colaterais graves identificados e usa uma plataforma comprovada com base em vetores adenovirais humanos, que atualmente é o mecanismo mais seguro para introduzir o código genético do espinho do vírus no corpo humano. Essa abordagem foi exaustivamente estudada não apenas na Rússia, mas também internacionalmente. A Rússia tem um longo histórico de sucesso no desenvolvimento de vacinas e continua sendo um líder global neste campo. Esperamos que a vacina logo esteja disponível em todo o mundo para ajudar a interromper a pandemia devastadora e permitir que as pessoas voltem à vida normal.

Dr. Muhammad Munir
Docente em Virologia Molecular na Universidade Lancaster

Existem características que tornam a Sputnik V uma candidata promissora. A ideia de usar dois adenovírus diferentes como vetor é superior a muitas vacinas da linha de frente. Geralmente, o sistema imunológico percebe as proteínas do vetor como um antígeno semelhante à proteína S do SARS-CoV-2, portanto, também induz uma resposta imunológica contra essas proteínas. Se as pessoas forem reimunizadas (como uma segunda dose ou vacina repetida), a imunidade pré-existente pode comprometer a eficácia da segunda dose da vacina. Usar um vetor de natureza diferente, como é o caso da Sputnik V, evitará esse problema.

Prof. Brendan Wren
Professor de Patogênese Microbiana, Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres

Os dados sobre os estudos da vacina russas relatados na The Lancet são encorajadores - demonstrando a segurança e imunogenicidade da vacina contra a COVID-19 baseada em adenovírus.

Prof. Polina Stepensky
Chefe do Departamento de Transplante de Medula Óssea e Imunoterapia do Câncer do Hospital Hadassah

Em primeiro lugar, devo dizer aos cientistas russos e aos profissionais de saúde russos: ‘Bravo!’. Esta tecnologia e abordagem científica nós entendemos perfeitamente e aprovamos absolutamente. Vocês fizeram um verdadeiro avanço na ciência e na medicina. Estamos muito gratos por vocês terem feito um trabalho maravilhoso. É notável que seja gerada uma resposta imune humoral estável, bem como mediada por células. Isso é conseguido por meio da utilização de dois vetores distintos, liberando o fármaco e, ao mesmo tempo, resolvendo o problema de um possível efeito neutralizante na segunda injeção. A eficiência muito alta de dois adenovírus selecionados foi comprovada. Assim, a plataforma utilizada pelo Instituto Gamaleia é a plataforma correta.

O trabalho realizado inspira muito respeito, e a própria vacina é digna de estudo e uso.

Dr. Stephane Gayet
Professor da Universidade de Estrasburgo, médico do Hospital Universitário de Estrasburgo

Esta é uma vacina valiosa e eficaz pela qual anseio pessoalmente. Estou muito interessado no trabalho que os pesquisadores russos fizeram. Percebi que um dos métodos mais avançados estava sendo usado - o método do vetor adenoviral.

Dr. Fabio Vilas-Boas Pinto
Secretário de Saúde do Estado da Bahia

O Governo do Estado da Bahia, no Brasil, está muito satisfeito com o acordo firmado com o Fundo Soberano de Riqueza da Federação Russa, que garantirá o acesso à vacina Sputnik V ao povo brasileiro, assim que for aprovada pelas autoridades regulatórias nacionais brasileiras. Por se tratar de uma vacina construída com adenovírus humano, que é uma das plataformas de desenvolvimento de vacinas mais seguras e eficazes do mundo, acreditamos que os resultados dos ensaios clínicos de fase 3 em andamento confirmarão os dados observados nas fases 1 e 2.

G V Prasad
Co-presidente e diretor administrativo dos Laboratórios Dr. Reddy

Temos o prazer de fazer esta parceria com o RDIF para levar a vacina para a Índia. Os resultados das fases I e II se mostraram promissores, e conduziremos testes de fase III na Índia para atender aos requisitos dos reguladores indianos. A vacina Sputnik V pode ser uma opção confiável em nossa luta contra a COVID-19 na Índia.

Shavkat Ismailov
Presidente do Grupo de Empresas LAXISAM

O trabalho de cooperação na vacina Sputnik V com o RDIF desempenha um papel importante. A vacina foi criada por cientistas russos com base em pesquisas científicas e clínicas avançadas.

Polina Stepensky
Presidente do Departamento de Transplante de Medula Óssea e Imunoterapia do Câncer do Hospital Hadassah, Israel

Em primeiro lugar, devo dizer aos cientistas russos e aos profissionais de saúde russos ‘Bravo!’. Esta tecnologia e abordagem científica nós entendemos perfeitamente e aprovamos absolutamente. Vocês conseguiram um verdadeiro avanço na ciência e na medicina. Estamos muito gratos por vocês terem feito um trabalho maravilhoso.

A sua mensagem foi enviada com sucesso!