Notícias

RDIF e LAXISAM acertam fornecimento de até 35 milhões de doses da vacina Sputnik V para a República do Uzbequistão

Moscou, 25 de setembro de 2020 - O Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF, o fundo de riqueza soberana da Federação Russa) e a LAXISAM, uma das maiores empresas farmacêuticas da República do Uzbequistão, acertaram o fornecimento ao país asiático de até 35 milhões de doses da primeira vacina registrada do mundo contra o coronavírus Sputnik V, criada em uma plataforma bem estudada de vetores adenovirais humanos com segurança e eficiência comprovadas.

Depois de receber a aprovação das autoridades regulatórias do Uzbequistão, em 2020, até 10 milhões de doses da vacina podem ser fornecidas à República, e até 25 milhões de doses em 2021.

No dia 11 de agosto, a vacina “Sputnik V” produzida pelo Centro Nacional de Investigação de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleia recebeu o certificado de registro do Ministério da Saúde da Rússia, tornando-se a primeira vacina contra o coronavírus registrada no mundo. Informações detalhadas sobre a vacina Sputnik V, a plataforma tecnológica de vetores adenovirais humanos usados na criação da vacina, e outros detalhes estão disponíveis no site: sputnikvaccine.com

Em 4 de setembro, uma das principais revistas médicas do mundo, The Lancet, publicou um artigo científico com os resultados das fases 1-2 dos ensaios clínicos da vacina, que demonstraram a ausência de eventos adversos graves e a formação de uma resposta imunológica sustentada em 100% dos participantes do estudo. Um estudo pós-registro da vacina Sputnik V com 40.000 voluntários está em andamento. Ao mesmo tempo, mais de 60.000 pessoas expressaram a vontade de se voluntariar para o estudo. Os primeiros resultados do estudo de pós-registro devem ser publicados em outubro-novembro de 2020.

Kirill Dmitriev, CEO do Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF), disse:

“A vacina russa Sputnik V tem vantagens importantes sobre desenvolvimentos semelhantes em outros países, principalmente vacinas experimentais de empresas ocidentais baseadas em adenovírus de macaco e mRNA. A Sputnik V é baseada na plataforma de vetores adenovirais humanos, que vem sendo estudada há décadas e em mais de 250 estudos clínicos, comprovando sua segurança e eficácia. A entrega da vacina vai garantir que médicos especialistas da República do Uzbequistão tenham uma ferramenta avançada para combater a nova infecção por coronavírus, que permite formar imunidade de longo prazo e proteger os cidadãos, bem como garantir a disponibilidade de um portfólio diversificado de vacinas contra o coronavírus.”

O RDIF já recebeu solicitações de mais de 1,2 bilhão de doses da vacina Sputnik V para 2020-2021. Mais de 50 países da CEI, Europa, Ásia, Oriente Médio e América Latina enviaram solicitações. O RDIF anunciou anteriormente os acordos firmados com parceiros no México para o fornecimento de 32 milhões de doses, no Brasil - até 50 milhões de doses, e na Índia -100 milhões de doses.

Presidente do Conselho de Administração do Grupo de Empresas LAXISAM, Shavkat Ismailov observou:

“A Organização Mundial da Saúde e os principais especialistas médicos em epidemiologia de doenças infecciosas apontam que a vacinação é uma forma eficaz de criar imunidade duradoura para prevenir a perigosa doença COVID-19 em humanos. A este respeito, um papel importante é desempenhado pelo RDIF e pela vacina Sputnik V, que foi criada por cientistas russos com base em avançadas pesquisas científicas e clínicas.”

***

O Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF) foi fundado em 2011 para investir no capital de empresas principalmente na Rússia, juntamente com os principais investidores financeiros e estratégicos estrangeiros. O fundo atua como um catalisador para o investimento direto na economia russa. No momento, o RDIF tem um histórico de sucesso na implementação conjunta de mais de 80 projetos com parceiros estrangeiros com um volume total de mais de 1,9 trilhão de rublos, cobrindo 95% das regiões russas. As empresas do portfólio do RDIF empregam mais de 800.000 funcionários e sua receita anual é de 6% do PIB da Rússia. O RDIF estabeleceu parcerias estratégicas conjuntas com os principais co-investidores internacionais de 18 países, totalizando mais de US$ 40 bilhões. Mais informações podem ser encontradas no site: rdif.ru

A companhia "LAXISAM" há 26 anos é conhecida como uma das maiores fornecedoras e fabricantes de uma vasta gama de medicamentos no mercado uzbeque. A cooperação com os principais fabricantes farmacêuticos nacionais e mundiais, uma rede de filiais, armazéns farmacêuticos em todas as regiões do Uzbequistão abastece fornecedores, instituições médicas, uma rede de farmácias e a população do país com todas as categorias de medicamentos. Em Tashkent, a "LAXISAM" criou e opera uma grande fábrica farmacêutica "LAXISAM PHARMACEUTICALS", que produz cerca de 100 nomes de medicamentos em várias formas: comprimidos, cápsulas, pomadas, suspensões, ampolas. A empresa atua em estrita conformidade com os padrões nacionais e internacionais de qualidade na produção e distribuição de medicamentos. Informações adicionais podem ser encontradas nos sites: lahisam.uz/ e lapharma.uz

Contato para informações adicionais:

Arseny Palagin
Fundo de Investimento Direto Russo
Secretário de imprensa
Telefone:
+7 495 644 34 14, ramal. 2395
Celular
: +7 916 110 31 41
E-mail:[email protected]

A sua mensagem foi enviada com sucesso!